Agências bancárias aderem ao Programa Aterro Zero

As agências de alguns dos maiores bancos atuantes no Brasil têm aceitado o desafio de reduzir a geração e o descarte de resíduos em aterros. Conscientes de sua responsabilidade socioambiental, as instituições aderiram ao Programa Aterro Zero e iniciaram uma série de ações para promover a sustentabilidade nas áreas em que atuam.

Ainda que agências bancárias não representem uma grande parcela na geração de descartes em comparação com outros setores da economia, os bancos compreenderam que é possível contribuir para a causa reduzindo os resíduos nas agências. A ideia é que, por meio do Programa Aterro Zero, que determina a redução de 90% do descarte de resíduos em aterros e incineradores, as empresas tenham impacto positivo na sociedade e no meio-ambiente, ainda que os resultados surjam a longo prazo.

As instituições conseguem, dessa forma, atender a uma importante demanda das novas gerações de clientes, que cobram das empresas uma postura coerente em relação a causas sociais e ambientais. A gestão de resíduos, assim, é uma estratégia fundamental para garantir que a sustentabilidade ocorra de forma plena. Ser considerada uma Empresa Aterro Zero é sinal de que a instituição é fiel a seus valores e está em constante busca por reduzir os impactos ambientais.

Com o Programa Aterro Zero, as agências bancárias são estimuladas a racionalizar os produtos utilizados em suas atividades, reduzindo desperdícios e evitando descartes. Os materiais que forem inevitavelmente descartados, então, seguem para reutilização ou reciclagem, aproveitando ao máximo o potencial de uso que ainda tiverem. A gestão ainda garantirá que todos os resíduos serão destinados para locais adequados, transportados de forma segura e livre de contaminações.

A gestão de resíduos não deve ser uma exclusividade das agências bancárias, contudo. O Programa Aterro Zero é válido para qualquer tipo de atividade econômica. A Multilixo oferece serviços que auxiliam as instituições a gerir seus resíduos e assim se tornarem empresas Aterro Zero. O importante é que as instituições cumpram seu papel na ampla promoção da sustentabilidade.